Vê se te enxerga

Todos nós queremos pertencer, ser vistos e reconhecidos uns pelos outros na nossa verdade. Queremos que a nossa essência seja percebida e afirmada nas nossas relações. Esta necessidade é fundamental na construção de nossa identidade.

A roupa é uma extensão de quem somos e fala por si. Ela expressa fragmentos da nossa complexidade. Mas só somos vistos a partir do momento que olhamos para nós mesmos. E o outro também nos enxerga quando olha para si mesmo. Somos espelhos uns para os outros e se não olharmos internamente não conseguimos ver o fora e vice versa. Você já se enxergou hoje?

Vê se te enxerga é um projeto resultante de uma residência artística que fiz no Instituto Tomie Ohtake para pesquisar expressões artísticas e dar vasão a meu processo criativo. Trata-se de uma exposição onde eu exponho minhas noções de pertencimento, vestimenta, identidade, relações. O projeto é itinerante e já esteve no Tomie Ohtake, no MIS e na Fazenda Serrinha.

O projeto já participou de mostras coletivas no Instituto Tomiei Ohtake, no Museu da Imagem e do Som (MIS) e no Festival de arte da Serrinha.